segunda-feira, outubro 22, 2007

- Alunos do Grupão assistem primeira apresentação do Fantoche Chance à Paz.
- PM Ederaldo Bernardo dos Santos é um exemplo no cultivo de horta doméstica.
- População de Mianmar está caminhando para uma revolução baseada na não-violência.
- No Recanto dos Amigos texto enviado por membro da Comunidade no Orkut Chance à Paz.
- E mais uma piadinha do Joãozinho.

Abertura:


“Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo.”


Frase de Mahatma Gandhi

Chance à Paz na Escola:

Os três novos colaboradores do Projeto Chance à Paz para a disseminação de cultura de paz e não-violência fizeram sua primeira apresentação na quinta-feira, dia 18 de outubro. Os beneficiados foram os alunos da EE Profª Clotilde Castro Barreira, o Grupão, de Cândido Mota. Os 650 alunos foram divididos em 3 turmas, sendo duas no período da manhã e uma no período da tarde. Os estudantes acompanharam atentamente a história de Jão Vixi e seus antagonistas Breno de Andrade e Natuloro. Além deles, professores e servidores do estabelecimento de ensino e até alguns pais conheceram a saga do personagem Jão Vixi, um menino abandonado, que num determinado momento optou por mudar de vida e abandonar as ruas e seus dissabores. Após as apresentações a aluna da 3ª Série D, Karen Rodrigues Gomes de Jesus, de 10 anos, foi a Repórter Chance à Paz por um dia. Ela entrevistou algumas alunas e também uma professora. Para ouvir a entrevista acesse o nosso podcast ( http://www.podcast1.com.br/canal.php?codigo_canal=409 )e click no programa de número 62. Abaixo fotos e um vídeo do evento: (click sobre a foto para vê-la ampliada)



video

Projeto Fome Por Que?:

Dando continuidade ao Projeto Fome Por Que? que está sendo desenvolvido junto aos alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos) e curso técnico nas Escolas Helena Pupim Albanez e Olga Breve Alves estamos a procura de pessoas da comunidade que cultivem horta. Tais pessoas serão apontadas como exemplo de que com o esforço próprio é possível acabar com a fome, levando para a mesa alimentos saudáveis e que atendam parte de nossas necessidades alimentares diárias. O exemplo de hoje vem da cidade de Assis-SP, onde mora o Policial Militar Ederaldo Bernardo dos Santos, de 39 anos, que transformou o hábito do cultivo de horta em hobby, como ele mesmo diz. Ederaldo conta que desde criança sempre mexeu com horta, incentivado pelo pai, e que agora ele tenta fazer o mesmo com seu filho. Ele acrescenta que com o cultivo da horta consegue transmitir aos filhos o respeito a natureza e a valorização dos alimentos e da vida. Para ouvir a entrevista acesse o nosso podcast (
http://www.podcast1.com.br/canal.php?codigo_canal=409 )e click no programa de número 62. O Projeto Fome Por Que? é desenvolvido em parceria com o Programa Alimente-se Bem do SESI, curso de Nutrição da UNIP de Assis, ETE Prof. Luiz Pires Barbosa e Cozinha Piloto de Cândido Mota.
Abaixo fotos de Ederaldo e sua horta. (click sobre a foto para vê-la ampliada)





Dou Chance à Paz:

Mais um exemplo de revolução que segue os ritos da não-violência está em andamento no continente asiático. Segundo artigo escrito por Shaazka Beyerle é consultora sênior do Centro Internacional de Conflitos Não-Violentos. Cynthia Boaz é professora assistente de ciência política e estudos internacionais da Universidade Estadual de Nova York, em Brockport, publicado pelo jornal inglês Herald Tribune de 19 de outubro, e traduzido para o português por George El Khouri Andolfato para o silte UOL, a população da antiga Birmânia, atual Mianmar, está iniciando mais um exemplo de revolução não-violenta. De acordo com o texto trata-se da revolução açafrão. Milhares de pessoas resolveram se manifestar contra o governo, que desde 1992 é comandado pelo general Than Shwe. Segundo as autoras um exilado que conta com informantes naquele país afirmou que soldados estão faltando ao trabalho ou desobedecendo ordens de seus comandantes. Entre a população civil há orientações para que as pessoas deixem de ir as fábricas e escritórios. O artigo também cita vários exemplos de revoluções não violentas ocorridas no mundo. Começando por Mahatma Gandhi, depois pelo exemplo chileno para depor o general Augusto Pinochet, a revolta dos filipinos contra Ferdinand Marcos, e exemplo que vem da Turquia, que se mobilizou contra a corrupção. Nosso comentário: O exemplo turco bem que poderia ser seguido por nós brasileiros. Diz o artigo que em 1997, quando um protesto contra a corrupção que teve início quando as pessoas apagaram as luzes terminou com manifestações de 30 milhões pelas ruas daquele país.

Recanto dos Amigos:


Hoje vamos ao texto enviado por Sandra, membro da nossa Comunidade Chance à Paz, no Orkut. O texto tem o título de Apaixone-se e é de autoria de Helena Nabuco.

APAIXONE-SE. Autoria:Helena Nabuco.

Apaixone-se definitivamente pelo SEU SONHO. O sonho de ninguém deve ser mais apaixonante que o seu.
Apaixone-se pelo SEU TALENTO, mesmo que seu crítico insista para você escolher outras coisas, mais "convenientes".
Apaixone-se mais pela SUA VIAGEM do que pela chegada a seu destino, pois só a viagem é garantida.
Apaixone-se pelo SEU CORPO, mesmo que ele esteja fora de forma, pois de "qualquer forma" ele é a única casa que você realmente possui.
Apaixone-se pelas SUAS MEMÓRIAS mais deliciosas, ninguém pode tirá-las de dentro de você e elas são excelentes fontes de inspiração em momentos de dor.
Apaixone-se PELAS BESTEIRAS SAUDÁVEIS que passam por sua mente entre um e outro momento de estresse, elas ajudam a sobreviver.
Apaixone-se PELO SOL, ele é fiel, gratuito, absolutamente disponível e dá prazer.
Apaixone-se primeiro POR ALGUÉM. Não espere alguém se apaixonar antes por você, só por garantia e segurança.
Apaixone-se PELA DANÇA DA VIDA, que está sempre em movimento dentro da gente, mas que, por defesas nós teimamos em algemar. Apaixone-se mais PELO SIGNIFICADO DAS COISAS que você conquistar do que pelo seu valor material.
Apaixone-se por SUAS IDÉIAS, mesmo que tenham dito que elas não serviam pra nada.
Apaixone-se por SEUS PONTOS FORTES, mesmo que os pontos fracos insistam em ficar em alto relevo no seu cérebro.
Apaixone-se PELA IDÉIA DE SER VERDADEIRAMENTE FELIZ. Felicidade encontra-se de sobra nas prateleiras de seus recursos interiores.
Apaixone-se definitivamente POR VOCÊ! APAIXONE-SE RÁPIDO! O PODER DE DECISÃO SÓ PERTENCEA VOCÊ!

Nosso Comentário: Ame a si mesmo a todo o momento, porém jamais leve isso para o lado do egoísmo e da auto-sustentação.

Rir é um bom remédio:

A professora pergunta a Joãozinho:
- Joãozinho se eu te der três coelhinhos hoje, e mais outro amanhã , com quantos coelhinho você vai ficar?
- com cinco fêssora!
- cinco? Diz a professora indignada.
E Joãozinho responde:
- Sim, cinco! é que eu já tenho um lá em casa.

________________________________________________________

Blog Chance à Paz:
Criação, produção, responsabilidade:
Silvio Luís
Assis/SP
E-mail: chanceapaz@bol.com.br
VIVA A PAZ!!! VIVA EM PAZ!!!<>

Nenhum comentário:

Postar um comentário